em Coleção.Moda

Crie sua ficha técnica do jeito certo. Otimize as informações do cabeçalho e facilite a comunicação interna da sua empresa.

Já falamos por aqui sobre a importância de manter  fichas técnicas padronizadas dentro de uma empresa de moda, além de facilitar a comunicação interna gerando uma produtividade maior essa pequena regra ainda  economiza o tempo que os estilistas e modelistas levam procurando as informações na ficha.

Ter uma ficha técnica padronizada ainda ajuda a manter uma estabilidade entre todos os setores com a segurança de que mesmo que um funcionário deixe de compor a equipe as informações ainda serão repassadas da mesma forma e a comunicação não será atingida. Outra ponto positivo é que o seu uso contínuo revela pontos  a serem revistos e melhorados  para que a ficha possa ser compreendida com clareza por todos. Só vantagens, não é mesmo?

O Coleção.Moda oferece em sua plataforma online uma ficha técnica padrão, que pode ser utilizada por todos os setores, com um layout pensado para se adequar da melhor forma nas mais diferentes empresas.

Para facilitar a sua criação de uma ficha técnica padronizada,  listamos abaixo a importância de 10 informações, e porque elas precisam estar no cabeçalho da sua ficha técnica. Confira abaixo:

1-Nome da coleção

A primeira informação do cabeçalho é o nome da coleção que a peça faz parte. Para empresas que trabalham com múltiplas coleções ao mesmo tempo isso se torna ainda mais importante. Sinalizar o nome da coleção situa o leitor que está interpretando a ficha de qual ano e temporada estamos falando.

2-Código de referência da peça

Uma das informações mais importantes da ficha técnica deve de preferência estar destacada por cor ou tamanho. O código de referência  é a forma de rápida  identificação da peça, é por ele que os controles internos são efetuados e ele sinaliza peça a peça da coleção. É por isso que essa informação não só não pode faltar na ficha técnica, como deve estar em uma posição de destaque no cabeçalho, para facilitar a leitura e tornar mais ágil os processos que dependem desse dado.

3-Nome da peça

Algumas empresas dão nomes temáticos relacionados à identidade da marca ou a temática da coleção, já outras simplificam e chamam por suas características mais aparentes (ex: blusa com manga bufante). Indiferente de como você nomeie a sua peça, esse processo é importante para que além da referência numérica você tenha uma forma descritiva para lembrar da peça que está falando e conseguir ter um controle da coleção otimizado. Algumas pessoas e setores vão precisar do código de referência da peça apenas, mas outras vão saber classificar melhor a peça pelo seu nome. Então porque não facilitar não é mesmo?

4-Descrição

A descrição da peça no cabeçalho serve para uma identificação básica das características da mesma. Por exemplo: Vestido de alcinha midi com botões frontais. Com essa descrição conseguimos diferenciar esse modelo do vestido de alcinha  que é longo e com ziper lateral. A descrição da peça tem a ver principalmente com a  diferenciação dos modelos.  Se esse é um modelo que você já criou em uma coleção antiga, tente descrever da mesma forma, se é um modelo novo, se atenha aos detalhes para diferencia-lo de peças que você já fez anteriormente. Diferenciar a peça é o ponto principal.

5-Tema

Nem todas as empresas fazem coleções multi temáticas, mas já explicamos por aqui, os benefícios de trabalhar com coleções segmentadas. Se você ainda não usa essa forma de divisão da coleção, leia nosso post e reflita se não está na hora de fazer coleções que atendam diferentes demandas. Se você já faz coleções dessa forma, saiba que no cabeçalho da ficha técnica é imprescindível constar o tema que a  peça faz parte, pois essa informação facilita o processo de identificação da peça dentro da coleção, principalmente em coleções extensas.

6-Técnicas

Quais são as técnicas que envolvem o processo de confecção dessa peça? Aqui você tem espaço para citar se sua peça terá uma estampa de quadro ou se terá um plissado, bordado entre outras. Aqui você vai sinalizar os processos extras pelos quais a peça deverá passar. Essa informação é relevante de constar no cabeçalho da ficha técnica, principalmente,  para comunicar a ordem de processos pelos quais a peça deve passar.

7-Modelagem

Esse campo serve para citar se na peça em questão, será utilizada uma modelagem já existente na sua empresa, criada em coleções anteriores. Essa informações é útil principalmente em peças básicas que se mantem em linha por mais tempo, ou que retornam de tempos em tempos, como por exemplo: T-shirts, saia lápis, calça skinny, entre outras peças que perdurem nas suas coleções a ponto de terem uma modelagem fixa.

8-Estilista

Nesse espaço deve constar o nome da estilista responsável pela peça, essa informações é importante para um controle otimizado, cada estilista deve se responsabilizar peças peças que está criando, e sempre que algum setor tiver uma dúvida sobre a peça sabe exatamente a quem buscar.

9-Grade de tamanhos

Um cabeçalho completo deve ter como informações padrão a grade de tamanhos das peças. É ali que a modelista irá se informar sobre a variedade de numerações que serão confeccionadas e isso auxilia nos procedimentos organizacionais como um todo, facilitando o acesso a informação a todos os envolvidos nos processos de confecção.

10-Modelista

Assim como o nome da estilista é importante para todos os setores saberem a quem recorrer em caso de dúvidas, da mesma forma, o nome da modelista também deve constar no cabeçalho. Essa informação serve para realçar o responsável pela função, aquele que deverá atender pela peça em caso de divergências ou alterações. Esse ponto também é importante para o melhor controle do andamento dos processos de confecção das peças, visto que sabendo quem são as pessoas específicas que estão com as peças fica mais fácil ter um previsão de finalização e marcar a peça como concluída, evitando problemas de comunicação entre os setores.

 

No Coleção.Moda você encontra uma ficha técnica pronta, com espaços específicos a serem preenchidos com os dados da sua peça, sem precisar criar um layout do zero.  O cabeçalho consta com todas as informações listadas acima, facilitando a comunicação interna e melhorando a produtividade, evitando erros e atrasos. Agende uma demonstração gratuita e saiba mais.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Bitnami