em Coleção.Moda

Depois de uma temporada de primavera/verão abreviada pela pandemia do Corona vírus, finalmente pudemos conferir a New York Bridal Fashion Week que foi realizada de 7 a 9 de outubro.

No evento que é apresentado duas vezes por ano, designers, compradores e visionários se reúnem para ver o trabalho de muitos estilistas da indústria de noivas. Esses designers criam coleções para o dia em que muitas mulheres sonham a vida toda. Esta é a chance de colocar todo o esforço de horas de trabalho duro para mostrar o que fazem de melhor.

E como todos os eventos de moda recentes, as apresentações das coleções de outono/inverno 2021 foram virtuais em vídeos e videoconferências pelo Zoom.

Apesar da imprevisibilidade e incerteza quanto aos eventos nos próximos meses enquanto muitos se perguntam o que devem fazer, outros já começaram a traçar um plano. Não dá para deixar de conferir o que as marcas estão apresentando para o outono 2021 no hemisfério norte.

O foco desta temporada para vestidos de noiva é o contraste entre modelos chiques sem esforço, minimalistas e elegantes que combinam com casamentos discretos, íntimos e ao ar livre e vestidos glamorosos para noivas que planejam casamentos mais pomposos para quando for seguro ter celebrações mais grandiosas novamente.

O formato virtual para este Bridal Fashion Week, promovido pela Concil XPullquest e pela plataforma digital do conselho de Designer de moda da américa Runway 360, foi um belo exemplo de como os designers de moda estão adotando a tecnologia para se conectar com as noivas. Veja alguns destaques dessas ultimas coleções para noivas.

 

Vamos fugir?

O escapismo está presente na maior parte das apresentações onde somos transportados para um universo mais romântico mostrando princesas bailarinas em saias amplas, mas com muita delicadeza e movimento. Toda essa leveza é representada em corselets e saias com vária camadas de tule lembrando as bailarinas mundialmente famosas que foram a inspiração para toda coleção de Galia Lahav. Kelly Faetanini trouxe um vestido com decote redondo, alças delicadas e silhueta “A”.  Até mesmo a irreverente Vivienne Westwood trouxe esse ar romântico em sua coleção revisitada “Le Bagatele” em cetim Duchese e saias com camadas e mais camadas de tule.

 

 

Contos de fadas

A natureza vem forte em flores desabrochando em aplicações de rendas e flores 3d e borboletas representando a transformação profunda que todos estamos passando. Naeem Khan traz peças inspiradas em “Alice no Pais da Maravilhas” com motivos florais representados de forma forte mas sem perder a ternura.  Outras coleções com de Ellie Saab e e Viktor & Rolf interpretam flores e jardins de paisagens de sonho.

 

Effortless chic

O minimalismo já vinha forte nas temporadas passadas (alguém pensou em Meghan Markle?). Mas as versões mais simples nunca fizeram tanto sentido como agora fortemente representado em casamentos mais intimistas como já estamos vendo em elopement weddings e cerimônias ao ar livre.

Mas essa estética de linhas mais limpas é fortemente representada em modelos coluna e sereia, alças largas trazidos por Grace Loves Lace e Marchesa e muita fluidez. Mas simples não significa simplório (au contraire!) Veremos tecidos luxuosos como Seda Charmeuse, Mikado e Crepe trabalhados manualmente em detalhes como puxados e drapeados.

Os detalhes laterais peekaboo também vem forte nas coleções de Lihi Hod e Ines Di Santo nesses modelos criando um visual sensual sem perder a elegância.

Um vestido, vários modelos

Os vestidos versáteis que se transformam com peças destacáveis tornaram-se os favoritos das noivas pela possibilidade de fazer uma transformação visual no vestido possibilitando usar a mesma peça em vários formatos de cerimonia (Elopement wedding e o casamento posterior com mais convidados, por exemplo…). Causando menos impactos no bolso e no meio ambiente.

As mangas vieram destacáveis dando um toque final para o vestido sem alças ou sem mangas. Anne Barge combinou mangas bufantes ao tomara que caia e Eisen-Stein fez a mesma combinação, mas com mangas ajustadas em renda transformando a peça em um ombro a ombro estilizado.

Viktor&rolf Mariage, Galia Lahal e Woná concept. Viviene Westwood e Ellie Saab trouxeram essa versatilidade de dois looks em um em saias longas removíveis sobre vestidos curtos

Cocktail Dresses

Com o aumento de casamentos menores os looks menos tradicionais o  comprimento médio e mini já é forte tendência entre as noivas estrangeiras e podem ser uma ótima escolha para as noivas brasileiras.  Os vestidos inspirados em coquetéis podem ser usados desde os eventos antes do casamento até a cerimonia principal. Detalhes extras como laços, franjas, bordados ou camadas de babados marcam a diferença tanto no casamento intimo com na cerimônia virtual pelo zoom.

 

Escrito por Priscila Bragerolli – High Fashion Business (Empresa que ajuda ateliês de pequeno e médio porte a crescerem e se destacarem utilizando ferramentas de gestão de processos).

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Bitnami